No dia anterior, a moeda norte-americana caiu 0,06%, vendida a R$ 4,1796.

O dólar opera em queda nesta quarta-feira (4), reagindo ao noticiário mais positivo no exterior e de olho na tramitação da proposta de emenda constitucional (PEC) da reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado.

Às 10h37, a moeda norte-americana caía 1,49%, vendida a R$ 4,1172.

No dia anterior, a moeda norte-americana caiu 0,06%, vendida a R$ 4,1796.

Cenário externo

O forte recuo do dólar no mundo todo ocorre em meio a questionamentos, entre participantes de mercado, a respeito da intenção do Banco Central Europeu (BCE) de adicionar estímulos à economia.

Paralelamente, a libra também se recupera após o Parlamento do Reino Unido rejeitar a moção para que o premiê Boris Johnson assuma o controle do Brexit, a saída do país da União Europeia (UE). Embora a atitude deva precipitar eleições antecipadas, o movimento foi lido como um recuo nas chances de um Brexit sem acordo.

Também foi alvo de alívio a decisão do governo de Hong Kong de cancelar o projeto de lei que permitia a extradição de cidadãos para a China continental. O projeto é um dos principais alvos dos manifestantes que protestam no território há semanas.

A atividade no setor de serviços da China se expandiu no ritmo mais rápido em três meses em agosto, com um crescimento de novos pedidos, o que levou ao maior aumento de contratações em mais de um ano, mostrou uma pesquisa privada.

A pesquisa ajudou a compensar as preocupações acerca da disputa comercial prolongada entre as duas maiores economias do mundo.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, alertou na terça-feira que seria “mais duro” com a China em um segundo mandato se as negociações comerciais persistirem, aumentando os temores do mercado de que disputas comerciais em andamento possam desencadear uma recessão nos EUA.

Cenário local

No Brasil, os investidores aguardam detalhes sobre a votação do relatório sobre a PEC da Previdência na CCJ do Senado. De acordo com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), a CCJ também deve decidir sobre a sugestão do relator Tasso Jereissati (PSDB-CE) de tratar o sistema de aposentadoria em Estados e municípios em uma PEC paralela.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here