O ministro da Justiça, Sergio Moro, se recusou a responder uma pergunta do Broadcast na manhã desta segunda-feira, 26, no Rio de Janeiro, enquanto fazia uma visita ao Arquivo Nacional. Acompanhado de assessores e seguranças, Moro chegou por volta das 9h20 para conhecer as instalações do arquivo e visitar uma exposição especialmente montada para ele.

A princípio sorridente, Moro mudou de expressão ao ser perguntado como avaliava as manifestações de DOMINGO, 25, em vários Estados, que protestavam contra o projeto de lei contra abuso de autoridade. O projeto depende apenas da sanção do presidente Jair Bolsonaro, que ainda não declarou se irá vetar o texto, considerado pelos apoiadores da Lava Jato como uma porta aberta para a volta da corrupção.

Com a insistência da reportagem do Broadcast Moro afirmou: “Não haverá declaração para a imprensa”. Em seguida, saiu para uma reunião com a direção do Arquivo, um órgão do Ministério da Justiça. Durante a visita, Moro vai conhecer documentos que normalmente não são expostos por risco de deterioração, como a Constituição Brasileira de 1824 e a carta da Lei Áurea.

Depois do Arquivo, Moro fará uma visita à Superintendência da Polícia Federal, também no Rio de Janeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here