sexta-feira, fevereiro 21, 2020
Início Recife Jovem que teve couro cabeludo arrancado em kart é transferida do Recife...

Jovem que teve couro cabeludo arrancado em kart é transferida do Recife para São Paulo

Débora Oliveira seguiu do Hospital da Restauração para Ribeirão Preto neste domingo (18), segundo Secretaria de Saúde. Namorado postou notícia da transferência em rede social.

A jovem de 19 anos que teve o couro cabeludo e parte do rosto arrancados em um acidente de kart, no Recife, foi transferida do Hospital da Restauração (HR), neste domingo (18). Segundo a Secretaria de Saúde do estado, Débora Stefanny Dantas de Oliveira, de 19 anos, foi para o Hospital Especializado de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo. 

A equipe do médico Daniel Lazo, que fica responsável por Débora na cidade paulista, apontou que ela deve ir ao centro cirúrgico para uma avaliação ainda neste domingo. A jovem chegou em Ribeirão Preto no final da tarde deste domingo (18).

Débora teve couro cabeludo arrancado em acidente de kart no Recife — Foto: Eduardo Tumajan/Acervo pessoal
Débora teve couro cabeludo arrancado em acidente de kart no Recife — Foto: Eduardo Tumajan/Acervo pessoal

Segundo boletim médico mais recente do HR, devido aos microtrombos (obstruções em vasos sanguíneos) que surgiram na área do reimplante feito no atendimento de emergência, a jovem precisará passar por novos procedimentos cirúrgicos para reconstrução.

O namorado da jovem, Eduardo Tumajan, fez uma postagem em uma rede social contando sobre a viagem. “Débora está muito feliz. Se Deus quiser, ela vai conseguir retomar a vida dela. Ela está bem, está sendo acompanhada pelos médicos. Já, já, estamos em São Paulo para começar todo o tratamento que ela precisa”, disse Tumajan, ao mostrar o avião em que iria embarcar.

Eduardo Tumajan postou em rede social a transferência da namorada, Débora Oliveira, que teve o couro cabeludo arrancado em um acidente de kart — Foto: Reprodução/Instagram
Eduardo Tumajan postou em rede social a transferência da namorada, Débora Oliveira, que teve o couro cabeludo arrancado em um acidente de kart — Foto: Reprodução/Instagram

Débora estava andando de kart com o namorado em uma pista localizada no estacionamento do Walmart, em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, quando o cabelo, que era na altura da cintura, soltou da touca e ficou preso no motor, no domingo (11). A pele foi arrancada desde a altura dos olhos até a nuca dela.

A jovem foi socorrida pelo namorado para o HR. Eduardo disse que pegou “o rosto dela na mão”, colocou em uma sacola e correu para levá-la ao hospital. O reimplante foi feito no atendimento de emergência. Os médicos conseguiram recuperar e reimplantar 80% da área atingida em um primeiro momento.

Após o reimplante, Débora passou por outra cirurgia para a retirada de trombos que surgiram na área do procedimento foi internada na UTI. Na quinta-feira (15), os médicos do Recife já haviam apontado o risco de que o procedimento inicial não funcionar devido ao aparecimento de microtrombos – obstruções nas veias e artérias da área operada. 

No boletim deste domingo (18), além de apontar a necessidade de novas cirurgias, a equipe do HR informou que entrou em contato com o time de profissionais que acompanhará a paciente pelos próximos dias, “passando detalhes sobre seu quadro para auxiliar na condução terapêutica”.

Os profissionais que acompanharam a jovem no Recife apontaram, ainda, que continuam à disposição da nova equipe multiprofissional para compartilhar mais informações sobre o caso. O Hospital da Restauração afirmou também que “a paciente foi transferida sob os cuidados médicos necessários e com quadro clínico estável”.

Centro especializado

O especialista em microcirurgia reconstrutiva Marco Maricevich, que é professor assistente do serviço de cirurgia plástica do Baylor College of Medicine em Houston, no Texas, nos Estados Unidos, apontou a necessidade de levar Débora a um centro de referência em cirurgia reconstrutiva para que o tratamento avançasse. Ele costuma lidar com casos similares ao dela.

Desde o acidente, o especialista vinha trocado informações com a equipe médica que atendeu a jovem no HR. De acordo com o doutor Marco Maricevich, o centro de Ribeirão Preto é o mais recomendado por ter uma equipe que atende a esses requisitos. Ele afirmou que, como o tratamento é longo, fazê-lo no Brasil oferece mais conforto para a jovem.

O namorado de Débora, Eduardo Tumajan, já havia falado sobre uma possível transferência, embora cogitasse inicialmente que fosse para os Estados Unidos. Na postagem do Instagram, o microempresário afirmou que a passagem de parentes da jovem para São Paulo estava sendo providenciada por uma empresa.

Em nota, o Walmart informou que a equipe médica e a família de Débora definiram o local de transferência e que “dará toda assistência necessária”.

Trombose

Segundo Marco Maricevich, quando os tecidos e vasos do corpo humano passam por algum tipo de trauma, são criados ambientes propícios a trombos – quando se formam coágulos que obstruem os vasos sanguíneos e, consequentemente, a nutrição dos tecidos. E isso aconteceu com Débora.

Em São Paulo, ainda segundo ele, a equipe médica vai procurar tecidos de outras áreas do corpo de Débora para tentar reconstruir o couro cabeludo. Esse procedimento é feito com técnicas microcirúrgicas vasculares. Depois da primeira cirurgia de restauração, seria possível avaliar se o cabelo de Débora vai voltar a crescer naturalmente.

Segundo ele, caso tenha sobrado um pedaço de couro cabeludo que ainda tenha os folículos, a jovem vai precisar de outras cirurgias para expandir o tecido até cobrir totalmente o crânio.

Investigação

O acidente aconteceu na pista de corrida de kart localizada no estacionamento do Walmart, em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. Era a primeira vez que Débora andava de kart, segundo a família. A pista, que foi interditada pelo Procon na segunda (12), passou por perícia do Instituto de Criminalística na terça (13). 

O caso de Débora está sendo investigado pelo delegado Alfredo Jorge, da Delegacia de Boa Viagem. Segundo ele, um Boletim de Ocorrência foi registrado na segunda-feira (12), e, no mesmo dia, foram solicitadas perícias no local e na vítima e imagens de câmeras de segurança.

Na terça-feira (13), foram ouvidos o namorado e a sogra da vítima e um rapaz que ofereceu o carro dele para prestar socorro, segundo o delegado. Na quarta (14), funcionários da empresa compareceram à delegacia para prestar depoimento.

Pista de kart onde ocorreu o acidente foi periciada pelo Instituto de Criminalística nesta terça-feira (13) — Foto: Isabela Veríssimo/G1
Pista de kart onde ocorreu o acidente foi periciada pelo Instituto de Criminalística nesta terça-feira (13) — Foto: Isabela Veríssimo

Durante a perícia feita pelo Instituto de Criminalística, foram analisadas as condições da pista e constatadas manchas de sangue no local, segundo o perito Rogério Dantas. A equipe do IC encontrou fios de cabelo e sangue no carrinho.

O advogado da empresa Adrenalina Kart Racing, Carlos Arthur Ferrão Júnior, acompanhou a perícia a distância e apresentou o documento com regras da atividade que é assinado pelos participantes antes de entrarem na pista. Segundo ele, todos os procedimentos de segurança foram tomados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Most Popular

Justiça determina a extinção de torcidas organizadas do Sport, Santa Cruz e Náutico

Decisão da 5ª vara da fazenda Pública do Recife, anunciada nesta terça-feira (18), também ordena a suspensão do CNPJ da Jovem,...

Metrô do Recife volta a funcionar 14 horas depois de colisão que deixou mais de 60 feridos

Acidente ocorreu na Estação Ipiranga, na Zona Oeste. Liberação para passageiros ocorreu às 19h. Voltou a funcionar, na...

Suspeito de matar companheira dentro de casa após prévia de carnaval é preso

Raphael Cordeiro Lopes, de 32 anos, havia se apresentado à polícia na sexta (14), mas foi liberado. Captura ocorreu nesta terça...

Operação desarticula organização envolvida no tráfico de drogas e lavagem de dinheiro em PE

Com a operação, 17 suspeitos foram presos, sendo 15 homens e duas mulheres. Para desarticular uma organização criminosa...

Recent Comments