Com investimento de R$ 5 milhões, Pernambuco vai receber fábrica que produzirá as “brejas” das associadas de outros Estados. Corte de custos é vantagem

Pernambuco vai receber um modelo inédito de franquias no setor de cerveja artesanal, que será inaugurado no Brasil. Juntamente com outros quatro estados, a empresa MBF implantará um condomínio que vai abrigar fábricas de produção de cervejas artesanais. A de Pernambuco – que por ainda estar em fase de implantação, não tem nome – estará localizada no município de Igarassu e receberá investimento de R$ 5 milhões. Com uma área de três hectares, a construção já foi iniciada e deve entrar em operação daqui a nove meses.

Através do modelo, cada rótulo de cerveja será produzido por todas as fábricas do grupo. “O projeto funciona como um condomínio de fábricas em que todas elas produzirão as cervejas de todas. Já contamos com quatro fábricas e 22 rótulos. Mas a pretensão é chegar a 10 fábricas e mais de 500 rótulos a serem produzidos”, explica o organizador da MBF e diretor regional Nordeste da Associação Brasileira de Franchising (ABF), Leonardo Lamartine. Atualmente, já estão confirmados no modelo a fábrica Alles Blau, de Santa Catarina, a Alpner, do Mato Grosso, e mais duas que estão em processo de implantação ainda sem nome, a de Pernambuco e outra na Bahia.

O negócio chamado de Business to Business facilita a logística e a redução tributária para as indústrias. “Quando uma fábrica produz a partir de 25 mil litros por mês, fica difícil de exportar para outros estados por causa da alta carga de ICMS, além da logística do transporte. Então, com esse novo modelo, com todas elas fabricando todos os rótulos, haverá redução de impostos em quase 80% porque a produção será dividida e não precisará exportar para tantos estados”, diz Lamartine.

Os proprietários que estão instalando a fábrica em Pernambuco são os mesmos da Alpner. A produção em Igarassu começará com 10 mil litros por mês de cerveja, com capacidade para crescer até 50 mil litros por mês. Se necessário, a indústria também poderá expandir sua área para maiores fabricações. Serão gerados 45 empregos diretos, ainda a serem selecionados. “É um projeto nascido em Pernambuco e por isso seria importante ter uma fábrica aqui. Acreditamos no potencial do Estado”, disse Lamartine. Atualmente, Pernambuco tem 18 fábricas de cerveja artesanal. No Brasil, são 1.000 fábricas.

Pelo modelo a ser implantado, haverá também seis formatos de franquias em que as fábricas poderão oferecer: beach beer, bike beer, quiosque, pub, truck e brewpub. “Toda fábrica terá as mesmas opções de categorização de franquias. Pode ser por carrinhos na praia, vendas em quiosque e outras opções”, disse Lamartine.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here