Segundo a Polícia Federal, preso veio de Manaus e estava com 1,9 kg da droga escondida debaixo das roupas, fixada no corpo com esparadrapos.

Um jovem de 20 anos natural de Manaus, no Amazonas, foi preso em flagrante no Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre com 1,9 kg de skunk, substância conhecida como “supermaconha”. A prisão foi divulgada nesta sexta-feira (26) pela Polícia Federal (PF).

De acordo com a PF, a prisão ocorreu na terça (23) durante uma fiscalização de rotina para reprimir tráfico de entorpecentes. Ainda segundo a corporação, o jovem preso respondeu com insegurança a questionamentos feitos por policias, o que levantou suspeitas.

À Polícia, o jovem afirmou que veio fazer “programas” no Recife, com despesas pagas pelo cliente. O jovem também disse que ficaria hospedado na casa de um amigo, mas não soube informar o nome da pessoa.

Durante uma busca em seu corpo, policiais descobriram sacos plásticos escondidos debaixo das roupas do jovem, fixados na barriga com esparadrapos. Depois de uma análise, a PF identificou a substância como skunk. Além da droga, um celular e a passagem aérea do jovem foram apreendidos.

Após a prisão em flagrante, ele foi levado à superintendência da PF, no Cais do Apolo, no Centro do Recife. Caso seja condenado, ele pode cumprir penas que variam de cinco a 15 anos de reclusão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here